Estatísticas Educacionais Internacionais

O que são Estatísticas Educacionais

O Inep é o responsável por todas as informações sobre estatísticas educacionais brasileiras para compor diversos estudos e publicações internacionais.

A Unesco desenvolve, há mais de uma década, pesquisas voltadas ao levantamento de indicadores educacionais, com o seu programa WEI (World Education Indicators), Indicadores Mundiais da Educação. O Brasil, por meio do Inep, participa desse programa desde então, tendo levado a cabo várias pesquisas com vistas à produção dos indicadores definidos.

OCDE

No âmbito da OCDE – Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico – (em inglês, OECD – Organisation for Economic Co-operation and Development), o Inep participa, além do programa de avaliação PISA, de diversos programas de estatísticas educacionais.

O programa de Indicadores dos Sistemas Educacionais Nacionais ou INES (do inglês, Indicators of National Education Systems), da OCDE, é responsável pela construção de indicadores educacionais comparáveis internacionalmente, bem como pela elaboração de estudos técnicos, pesquisas e levantamentos para a análise das dimensões da constituição de indicadores, promovendo as seguintes atividades:

  • Desenvolve, coleta, analisa e interpreta uma grande variedade de indicadores internacionais por meio de suas publicações anuais;
  • Fornece um fórum para a cooperação internacional e a troca de informação sobre métodos e práticas de desenvolvimento e uso dos indicadores educacionais para os sistemas de formulação de políticas e gestão de sistemas educacionais;
  • Contribui para a metodologia e prática de avaliação para desenvolver mais indicadores válidos e confiáveis, e para uma melhor compreensão de sua utilização na formação de políticas.
  • Criado em 1998, o programa INES conta atualmente com a participação dos 34 países membros da OCDE (Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Chile, Coréia do Sul, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Israel, Itália, Japão, Luxemburgo, México, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Suécia, Suíça, Turquia) e de 5 países associados à Organização (Brasil, China, Índia, Indonésia e Rússia).

UOE Data Collection

Os questionários UOE coletam informações dos sistemas educacionais dos países participantes nos seus diversos níveis de educação e modalidades de ensino e têm como objetivo:

  • desenvolver um conjunto básico de indicadores educacionais relevantes para as políticas educacionais dos países membros;
  • produzir estatísticas e indicadores educacionais;
  • permitir a realização periódica e atualizada de estudos comparativos internacionais.

Os países trabalham no agrupamento das informações; no desenvolvimento e aplicação de definições comuns e critérios de controle da qualidade; na verificação dos dados e no fornecimento das informações necessárias para interpretar e reportar os dados submetidos. Os participantes comprometem-se, também, a reportar os dados de acordo com as definições, classificações e coberturas específicas do manual UOE data collection on education systems.

Os questionários UOE coletam dados, nos diversos níveis de ensino, sobre matrículas, ingressantes, concluintes, turmas e docentes, e sobre população e gastos públicos.

Working Party

Working Party é a instância do INES responsável por monitorar, supervisionar, dirigir e coordenar o trabalho estatístico, bem como desenvolver indicadores e análises quantitativas. Mais especificamente, para desenvolver seu programa de trabalho, o INES Working Party:

  • Trabalha com o Secretariado da OCDE para garantir a conformidade dos objetivos políticos e dos parâmetros dos respectivos programas de coleta de dados, de acordo com o estabelecido pelo Comitê de Políticas Educacionais;
  • Administra a implementação das coletas de dados necessárias para dar suporte à consolidação e ao desenvolvimento de indicadores (notadamente a coleta de dados UOE em sistemas de educação);
  • Traça prioridades e modelos para o desenvolvimento dos dados, análise e relatório e, em particular, estabelece metodologias e modelos de dados;
  • Assegura a qualidade e a confiabilidade dos resultados, atividades, projetos e avaliações de dados;
  • Dissemina seu aconselhamento sobre políticas, análises, pesquisas e dados para um variado grupo de países membros e não-membros, assim como revisa e prepara a publicação EAG (Education at a Glance);
  • Desenvolve questionários ad hoc sobre questões de interesse do grupo.

Network on the outcomes of learning (LSO)

O Network sobre os resultados da educação é a instância responsável por desenvolver indicadores sobre educação, trabalho e ganhos (salariais e sociais), sobre a transição da população jovem adulta (de 15-29 anos) da escola para o mercado de trabalho; e os resultados sociais e econômicos advindos da educação. Compatibiliza as estatísticas sobre educação continuada e treinamento e analisa os recursos financeiros investidos em educação em cada nível educacional.

Esse Network realiza anualmente duas pesquisas regulares – a EARN, que coleta dados sobre rendimento médio anual do trabalho e número de trabalhadores, e a LFS (Labour Force Status), que coleta dados sobreo status da força de trabalho de acordo com o nível educacional – além de formular eventualmente pesquisas especiais (ad hoc). Atualmente, essa instância coordena, junto à OCDE, a revisão da Classificação Internacional Padronizada da Educação - ISCED97, em parceria com a Unesco e a Eurostat.

Network on system-level information (NESLI)

O Network sobre informação do sistema educacional é responsável por desenvolver indicadores sobre o ambiente educacional e a organização das escolas, assim como estudos de comparabilidade internacional sobre características dos sistemas educacionais, do ambiente de aprendizagem, da organização escolar, dos sistemas de avaliação de professores, da eqüidade e da responsabilização.

Realiza anualmente uma pesquisa regular, a CURR que coleta dados sobre horas letivas, carga horária e salário anual, e sobre critérios para o incremento salarial de professores, além de diversas pesquisas especiais (ad hoc).

Resultados

Os resultados da pesquisa WEI - SPS estão expressos, abaixo, por meio dos seguintes relatórios:

Página atualizada em: 20 outubro 2015