Participantes podem consultar os resultados individuais

Os resultados individuais de desempenho do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 estão disponíveis para consulta na Página do Participante. Para ter acesso às notas, basta ao participante informar o CPF e a senha cadastrada no ato da inscrição.

A senha do Enem é a mesma que será usada para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá as inscrições abertas na segunda-feira, 11, e encerradas na quinta-feira, 14.

Conforme estabelecido no edital do exame, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os resultados para fins exclusivos de autoavaliação de conhecimentos do participante menor de 18 anos — no primeiro dia de realização do exame —, que concluirá o ensino médio após 2015, serão divulgados em março próximo.

As provas objetivas do Enem são corrigidas com base na teoria de resposta ao item (TRI), diferente da teoria clássica, pela qual o número de acertos corresponde à média final. A TRI qualifica o item de acordo com os parâmetros:

  • Poder de discriminação, que é a capacidade de um item distinguir os participantes que têm a proficiência requisitada daqueles quem não a têm.
  • Grau de dificuldade.
  • Possibilidade de acerto ao acaso. Ou seja, de chute.

Com a TRI, o número de questões por nível de dificuldade em cada prova e as demais características dessas questões refletem-se no resultado. Acertar um número maior de itens em uma área não significa, necessariamente, ter uma proficiência maior do que em outra, cujo número de acertos foi inferior.

Como a TRI pressupõe que um candidato com um certo nível de proficiência tende a acertar os itens de nível de dificuldade menor e errar aqueles com nível de dificuldade maior, o padrão de respostas do participante é levado em consideração no cálculo do desempenho. Como a TRI não tem um limite, inferior ou superior, padrão entre as áreas de conhecimento, as notas dos participantes não variam entre zero e mil. Elas podem ultrapassar os mil pontos.

Notas — Nesta edição do Enem, o desempenho em matemática foi o destaque. A nota máxima chegou a 1.008,3, a maior já registrada na história do exame — na edição anterior, o máximo ficou em 973,6. A tendência de aumento no desempenho em matemática comprova a melhor qualificação dos participantes nesta área. O desempenho mínimo foi de 280,2.

A prova de ciências da natureza registrou a nota máxima de 875,2 e a mínima de 334,3. Em ciências humanas, o desempenho máximo chegou a 850,6; o mínimo, a 314,3. A prova de linguagens e códigos teve como nota mais alta 825,8; a mais baixa, 302,6.

 Os resultados do Enem de 2015 podem ser conferidos na página do Exame na internet.

Assessoria de Comunicação Social