Plano utilizado no pré-teste em 2012

No ano de 2010, a Diretoria de Estudos Educacionais (DIRED/INEP) elaborou uma Matriz de Referência para a Prova Docente, tendo a assessoria de uma comissão formada por professores e pesquisadores de diversas instituições de ensino superior e pesquisa do Brasil.

Ao longo de todo o ano de 2011, foi realizada uma série de ações objetivando a implementação da Prova, dentre elas:

  • Lançamento da chamada pública para elaboradores e revisores de itens, a qual contou com a inscrição de 2.920 colaboradores;
  • Capacitações de 235 colaboradores para credenciamento no Banco Nacional de Itens (BNI) Docente;
  • Oficinas de elaboração e revisão de itens com os primeiros 122 colaboradores credenciados no BNI-Docente, distribuídos nas seguintes áreas: i) Organização e Gestão do Trabalho Pedagógico; ii) Políticas Educacionais; iii) Desenvolvimento e Aprendizagem; iv) Matemática e seu ensino; v) Língua Portuguesa e seu ensino; vi) História e seu ensino; vii) Geografia e seu ensino; viii) Ciências da natureza e seu ensino; ix) Artes e seu ensino; x) Educação Física e seu ensino.
  • Oficina de revisão linguística dos itens elaborados;
     
  • Oficina de validação pedagógica dos itens com o grupo de especialistas da Comissão Assessora da Prova e equipe de pesquisadores do Inep.

Em 08 de maio de 2012, aconteceu no Inep uma reunião do Presidente do Inep com o Comitê de Governança da Prova, que conta com a representação das seguintes entidades: Undime, Consed, CNTE, Anped, Anfope, Anpae, Forumdir, SEB, SASE, SESU, CAPES e Inep, onde foram apresentadas, discutidas e validadas todas as questões técnicas relativas ao processo de implementação da Prova Docente, bem como aprovado cronograma das atividades. Nesta reunião foi aprovada a realização da Prova no segundo semestre de 2013.

Além das reuniões técnicas e da reunião com o Comitê de Governança, o Inep se reuniu com a Secretária de Articulação com Sistemas de Ensino do Ministério da Educação (SASE/MEC) de modo a iniciar as discussões sobre o processo de adesão à Prova.

Objetivo do Pré-teste

O pré-teste é a aplicação de um "piloto" da avaliação que se deseja validar, com o objetivo de coletar dados para pesquisa. Os itens elaborados são aplicados em um grupo de pessoas com características semelhantes às do público-alvo da avaliação que se deseja pré-testar. A pesquisa e os resultados de cada participante serão sigilosos, utilizados somente para pesquisas. Não é para avaliar o desempenho do professor, do município, dos estudantes ou da instituição de ensino nesse momento.

Após a análise dos resultados dos pré-testes, a Matriz de Referência será validada psicométrica e pedagogicamente e estará pronta para subsidiar a Prova Docente. Assim, a previsão é que a primeira edição da Prova Docente será restrita aos candidatos que desejem lecionar na Educação Infantil e Séries/Anos Iniciais do Ensino Fundamental (incluindo EJA e Educação Especial) dos Estados e Municípios que aderirem à Prova.

Página atualizada em: 20 outubro 2015