Voltar

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS (RBEP) - NUM 246

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS (RBEP) - NUM 246 (Versão 1.0)

Miniatura Uploads feitos por Lilian DOS SANTOS LOPES, 31/08/16 15:38
Em 2016, a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP)completa 72 anos de contribuição para a divulgação de debates, ensaios e pesquisas em educação e áreas afins. Neste número, publicamos onze artigos, um relato de experiência e uma resenha, em que diferentes temas são abordados, demonstrando a amplitude do escopo deste periódico e o cenário complexo e polifônico da produção científica da área de educação.
Publicação: Revistas Revistas » Acervo RBEP
1 de 231

Versão 1.0

Última atualização por Lilian DOS SANTOS LOPES
31/08/16 15:38
Estado: Aprovado
Em 2016, a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP)completa 72 anos de contribuição para a divulgação de debates, ensaios e pesquisas em educação e áreas afins. Neste número, publicamos onze artigos, um relato de experiência e uma resenha, em que diferentes temas são abordados, demonstrando a amplitude do escopo deste periódico e o cenário complexo e polifônico da produção científica da área de educação.
Baixar (28,1MB) Get
Histórico da versão
Versão Data Tamanho  
1.0 1 Ano atrás 28,1MB

Publicações mais Recentes

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS (RBEP) - NUM 249 ›

Neste número, divulgam-se 15 artigos inéditos de autores vinculados a instituições de várias regiões do Brasil e também do exterior. Os trabalhos apresentados podem ser organizados em quatro eixos temáticos: formação docente; política educacional; práxis, processos e métodos pedagógicos; e história da educação.

A EDUCAÇÃO ESPECIAL NO CONTEXTO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ›

O Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024 busca, predominantemente em sua Meta 4, universalizar o atendimento escolar aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação de ...

O EFEITO DA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR SOBRE O DESEMPENHO ESCOLAR EM MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL ›

Este artigo utiliza métodos quase-experimentais para estimar os efeitos da formação inicial dos professores de matemática de 4º e 5º anos do ensino fundamental em escolas públicas brasileiras sobre o desempenho dos alunos, por meio de um modelo de valor adicionado. Foram adotados procedimentos para contornar o problema de endogeneidade existente em relação à formação dos professores, que poderia tornar os estimadores de mínimos quadrados ordinários inconsistentes.