Voltar

Estudo analítico-descritivo comparativo do setor educacional do Mercosul (1996-2000)

Estudo analítico-descritivo comparativo do setor educacional do Mercosul (1996-2000) (Versão 1.1)

Miniatura Uploads feitos por Test, 07/01/10 15:22
Desde sua criação em 1991, o Setor Educativo do Mercosul estabeleceu objetivo e planos de ação que incluem a produção, difusão e análise das informações a respeito dos sistemas educativos da região. Este estudo foi realizado no âmbito do Projeto Sistema de Indicadores do Mercosul Educativo e consiste na análise descritivo-comparativa de um conjunto básico de indicadores educacionais e de contexto socioeconômico, numa perspectiva de comparação entre os países-membros e associados: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Os indicadores mostram importantes conquistas na cobertura escolar, com pelo menos 60% da população de 5 a 29 anos matriculados no sistema, e o acesso à educação básica com taxas de pelo menos 96%.
Publicação: Institucionais Institucionais » Análises e Diagnósticos
1 de 284

Versão 1.1

Última atualização por Test
27/04/16 20:42
Estado: Aprovado
Desde sua criação em 1991, o Setor Educativo do Mercosul estabeleceu objetivo e planos de ação que incluem a produção, difusão e análise das informações a respeito dos sistemas educativos da região. Este estudo foi realizado no âmbito do Projeto Sistema de Indicadores do Mercosul Educativo e consiste na análise descritivo-comparativa de um conjunto básico de indicadores educacionais e de contexto socioeconômico, numa perspectiva de comparação entre os países-membros e associados: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Os indicadores mostram importantes conquistas na cobertura escolar, com pelo menos 60% da população de 5 a 29 anos matriculados no sistema, e o acesso à educação básica com taxas de pelo menos 96%.
Baixar (13,9MB) Get
Histórico da versão
Versão Data Tamanho  
1.1 1 Ano atrás 13,9MB
1.0 1 Ano atrás 13,9MB

Publicações mais Recentes

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS PEDAGÓGICOS (RBEP) - NUM 249 ›

Neste número, divulgam-se 15 artigos inéditos de autores vinculados a instituições de várias regiões do Brasil e também do exterior. Os trabalhos apresentados podem ser organizados em quatro eixos temáticos: formação docente; política educacional; práxis, processos e métodos pedagógicos; e história da educação.

O EFEITO DA FORMAÇÃO INICIAL DO PROFESSOR SOBRE O DESEMPENHO ESCOLAR EM MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL ›

Este artigo utiliza métodos quase-experimentais para estimar os efeitos da formação inicial dos professores de matemática de 4º e 5º anos do ensino fundamental em escolas públicas brasileiras sobre o desempenho dos alunos, por meio de um modelo de valor adicionado. Foram adotados procedimentos para contornar o problema de endogeneidade existente em relação à formação dos professores, que poderia tornar os estimadores de mínimos quadrados ordinários inconsistentes.

Políticas públicas para formação de professores ›

As ações voltadas para a formação de professores estão inseridas nas políticas educacionais – este é um conceito amplo e engloba tudo aquilo que um governo faz ou deixa de fazer ...