Censo escolar 06 de Março de 2009

Mulheres na Educação Básica

A presença da mulher brasileira no sistema educacional mostra números crescentes, em termos absolutos, em todos os níveis de ensino. Na comparação com a presença masculina, na Educação Básica, elas constituem minoria nas creches e no Ensino Fundamental, mas são maioria no Ensino Médio.

De acordo com o Censo Escolar da Educação Básica, levantamento realizado anualmente pelo Inep, em 2005 estavam matriculadas no Ensino Fundamental 16.367.401 meninas, o que representa 48,80% do total de matrículas naquele ano. Esse percentual manteve-se praticamente o mesmo no ano seguinte, com matrículas de mulheres representando 48,66% do total. Já no Ensino Médio, a proporção de matrículas de mulheres aumentou nesse período. Em 2005, elas representam 53,99% e, em 2006, o 54,06%

Em 2007, do total de 31.733.198 estudantes do Ensino Fundamental, 5.394.707 ou 48,51% eram meninas. Já, no Ensino Médio, o percentual de meninas supera o de homens. Elas representavam 54,7% do total de 8.264.816 alunos.

Se há variação em termos de matrículas, quando o assunto é desempenho o rendimento feminino apresenta crescimento, inclusive em relação ao dos homens. De acordo com estudo produzido pelo Inep, o desempenho na prova de português do SAEB referente a 2007 revela um rendimento de 182,3 para as mulheres na 4ª série do Ensino Fundamental, enquanto os homens, nesta mesma série, obtiveram desempenho de 172,4, numa escala de 0 a 500. O levantamento foi feito em escolas públicas e privadas de todo o País.

A diferença de rendimento é ainda maior na 8ª série do Ensino Fundamental quando se trata de proficiência em língua portuguesa, sendo que as mulheres tiveram média de 240,7 e os homens, 228,7, uma diferença de 12 pontos. E, no 3º ano do Ensino Médio, a superioridade feminina em língua portuguesa é novamente comprovada. Elas tiveram aproveitamento de 263,5, enquanto os meninos ficaram com 259,9. Conforme mostra a tabela, os homens apresentam melhores médias em matemática nas três série avaliadas: 4ª e 8ª do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio.

As mulheres do Sudeste são as que apresentam melhor rendimento médio. Mas são as mulheres do Distrito Federal que tiveram melhor desempenho em 2007 em Língua Portuguesa e Matemática, na 4ª e 8ª séries do Ensino Fundamental. Elas apresentaram média de 200,7 em Português e de 210,9, em Matemática.

Já no 3º ano do Ensino Médio, são as gaúchas que apresentam maior desempenho em Português, com 286,3 de aproveitamento. Já em relação à disciplina de Matemática, novamente são as meninas do Distrito Federal que lideram com média de 291,8.

Tabela nº 1 – Saeb - Desempenho em Português e Matemática, em 2007, por gênero Desempenho em Português e Matemática, em 2007, por gênero

Região

Ensino Fundamental

4ª série

8ª série

Português

Matemática

Português

Matemática

Masc.

Fem.

Masc.

Fem.

Masc.

Fem.

Masc.

Fem.

Brasil

172,4

182,3

195,6

194,1

228,7

240,7

252,7

243,6

Norte

160,9

169,9

181,4

179,6

222,4

231,1

242,4

231,3

Nordeste

159

168,5

180,7

180,2

217,6

226,9

240,3

228,9

Sudeste

180,8

191,5

205,1

203,7

232,7

246,9

256,6

250,1

Sul

180,6

189,9

205,8

202,8

234,7

247,7

262,2

252,5

Centro Oeste

176,4

185,9

199,2

196,3

228,6

242,4

254,6

246,1


Região

Ensino Médio

3º ano

Português

Matemática

Masculino

Feminino

Masculino

Feminino

Brasil

259,9

263,5

283,5

266,3

Norte

244,8

246,8

266,6

247,1

Nordeste

246,6

251

270,2

251,5

Sudeste

266,6

271,5

289

274,9

Sul

271,1

277,5

300,2

285,1

Centro Oeste

262,8

263,9

288,4

268


Assessoria de Imprensa do Inep