Indicadores de Qualidade da Educação Superior 18 de Outubro de 2018

Insumos para cálculo dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior CPC e IGC estão disponíveis para conferência das IES

Os insumos usados no cálculo de dois Indicadores de Qualidade da Educação Superior - Conceito Preliminar de Cursos (CPC) e Índice Geral de Cursos (IGC) - estão disponíveis para conferência das Instituições de Educação Superior (IES) desde quarta-feira, 17 de outubro. Os insumos são originários do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 e do Censo da Educação Superior, base de dados geradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Também são divulgados insumos advindos da avaliação feita pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Todos os insumos são referentes aos cursos que participaram do Enade no ano passado e estão disponíveis no Sistema e-MEC com acesso restrito aos Procuradores Educacionais Institucionais (PI) das IES. O prazo para manifestação sobre qualquer desacordo terminará em 26 de outubro.

Os insumos que vão subsidiar o cálculo do CPC e do IGC são disponibilizados por curso de graduação e por IES e são referentes a: respostas do Questionário do Estudante sobre infraestrutura, organização didático-pedagógica e oportunidades de ampliação da formação acadêmica e profissional; número de estudantes que responderam ao Questionário do Estudante do Enade 2017; corpo docente e número de matrículas na graduação, considerando o ano do ciclo avaliativo do Enade em 2017; conceito da Capes para os programas de pós-graduação stricto sensu em funcionamento em 2017; e número de matrículas dos programas de pós-graduação stricto sensu em 2017.

O Inep divulgará o resultado final do CPC e do IGC a partir de 30 de novembro de 2018. No início de outubro o Instituto divulgou os resultados dos outros dois Indicadores de Qualidade: o Conceito Enade e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). Após a divulgação os resultados passam a ser considerados estatísticas oficiais da Educação Superior.

Indicadores de Qualidade da Educação Superior – Expressos em escala contínua e em cinco níveis, são importantes instrumentos de avaliação da educação superior brasileira. O Conceito Enade avalia os cursos de graduação a partir dos resultados obtidos pelos estudantes no Enade. O Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) mede o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e suas características de desenvolvimento ao ingressar no curso de graduação avaliado. O Conceito Preliminar de Cursos (CPC) combina, em uma única medida, diferentes aspectos relativos aos cursos de graduação: desempenho dos estudantes, valor agregado pelo processo formativo oferecido pelo curso, corpo docente, e condições oferecidas para o desenvolvimento do processo formativo. O Índice Geral de Cursos (IGC) é resultado de avaliação das Instituições de Educação Superior (IES). É uma média ponderada, a partir da distribuição dos estudantes nos níveis de ensino, que envolve as notas contínuas de CPC dos cursos de graduação e os conceitos Capes dos cursos de programas de pós-graduação stricto sensu das IES.