Ações internacionais 10 de Agosto de 2018

Inep participa de Encontro Internacional sobre Avaliações Educacionais nos Estados Unidos

Equipes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) participaram da International Meeting on Educational Assessments, entre 5 e 7 de agosto, em Nova Iorque (EUA). O grupo de especialistas da Diretoria de Avaliação da Educação Básica (DAEB) e da Diretoria de Gestão e Planejamento (DGP) marcou presença nas atividades promovidas no Teachers College da Columbia University pela Fundação Lemann, instituição com a qual o Inep mantém Acordo de Cooperação Técnica desde 2015. A presidente do Inep, Maria Inês Fini, participou do Encontro Internacional e também de um workshop na sede do Educational Testing Service (ETS) para acesso e aprofundamento em temas específicos sobre avaliação de habilidades socioemocional, de competências globais e de pensamento criativo.

Além dos pesquisadores do Inep, estavam presentes no Encontro representantes do Grupo de Trabalho de Avaliação do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (Abave), da Fundação Cesgranrio, do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e da Associação Qedu.

Um dos painéis abordou a experiência americana a partir do Common Core, conjunto de parâmetros nacionais de aprendizagem similar à Base Nacional Comum Curricular brasileira, que foi adotado pela maioria dos estados americanos. A discussão contemplou as iniciativas realizadas e os desafios encontrados pelo governo federal e estados para o desenvolvimento de avaliações com a criação do Common Core.

Outro painel se concentrou na experiência americana na perspectiva dos desenvolvedores de avaliação. Os especialistas abordaram os desafios encontrados, as diferenças entre os modelos de avaliação pré-Common Core e os atuais, a transição entre os modelos e adaptação ao novo sistema. Participaram das discussões antigos membros dos consórcios responsáveis pela implementação das avaliações a partir do Common Core.

Outro tema do Encontro foi o processo de desenvolvimento de avaliações nos Estados Unidos, como a elaboração de matrizes de referência a partir do Common Core, a criação de itens, o recrutamento e treinamento de elaboradores de itens. Técnicas para medir habilidades cognitivas complexas também mereceram uma sessão de discussão a respeito do desenvolvimento de itens de qualidade para medir habilidades da BNCC: características de bons itens, processos de desenvolvimento e mensuração de habilidades cognitivas complexas, desafios e lições aprendidas.