Enade 11 de Setembro de 2017

Solicitação de atendimento por Nome Social no Enade 2017 deve ser feita até 15 de setembro

Concluintes inscritos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 que desejarem atendimento pelo Nome Social têm desta segunda até sexta-feira, 11 a 15 de setembro, para fazerem a solicitação por meio da Página do Participante. A opção é destinada a participante travesti ou transexual.

É preciso apresentar documentos comprobatórios da condição que motiva a solicitação de atendimento pelo Nome Social, como: fotografia atual, individual, colorida, com fundo branco, da cabeça e do tronco sendo que a cabeça deverá estar descoberta; cópia digitalizada de um dos documentos de identificação oficial com foto; e cópia assinada e digitalizada do formulário de solicitação de atendimento pelo Nome Social disponibilizado na Página do Participante. Os documentos devem conter todas as informações solicitadas, ser legíveis e estar no formato PDF, PNG ou JPG, no tamanho máximo de 2MB.

As solicitações de atendimento indeferidas poderão ser consultadas na Página do Participante. Nesse caso, o participante também será informado, por meio do e-mail cadastrado na inscrição, para o envio de um novo documento comprobatório. Se ainda assim o documento não estiver conforme o solicitado, o participante travesti ou transexual fará o Exame com seu nome civil.

As oportunidades de atendimentos diferenciados fazem parte da Política de Inclusão Social do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que contempla, além do atendimento por Nome Social, atendimento específico e atendimento especializado em suas avaliações e exames.

Enade 2017 – O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação. No histórico escolar do estudante ficará registrada a situação de regularidade em relação à obrigação de participação. Nesta edição, o Exame vai avaliar aos estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação; dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química; dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de Artes.