Censo da educação superior 22 de Junho de 2020

Última semana para verificação dos dados declarados de 2019

As instituições públicas e privadas de educação superior têm até esta sexta-feira, 26 de junho, para verificar os dados declarados ao Censo da Educação Superior 2019. A atribuição é do pesquisador institucional, que representa a unidade junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Desde o dia 8 de junho, é possível fazer conferência, ajustes, validação dos dados coletados e envio das justificativas de inconsistências.

Nesta edição, o Inep ampliou os prazos previstos no cronograma do Censo Superior devido às restrições impostas pelas medidas de contenção da pandemia de COVID-19. Tanto o período de coleta quanto o de verificação foram prorrogados. O cronograma atualizado da pesquisa foi apresentado na Portaria n.º 319, de 23 de abril, com as próximas etapas do Censo Superior 2019.

Cronograma Responsável Data inicial Data final
Período de verificação da consistência, conferência, ajustes, validação dos dados coletados e envio das justificativas de dados inconsistentes Representante legal e pesquisador institucional 8/6/2020 26/6/2020
Período de análise e respostas às justificativas de dados inconsistentes Inep 29/6/2020 10/7/2020
Período de ajustes dos dados conforme as orientações do Inep Representante legal e pesquisador institucional 13/7/2020 31/7/2020
Período de consolidação e homologação dos dados Inep 3/8/2020 4/9/2020
Período de preparação dos dados Inep 8/9/2020 16/10/2020
Divulgação do Censo Superior Inep 23/10/2020 -

Os pesquisadores podem tirar dúvidas por meio dos informativos enviados periodicamente pela equipe do Censo Superior (boletins, “fica a dica”, relatórios de preenchimento). Outros canais de comunicação estão abertos, como e-mail e telefone.

Censo da Educação Superior – Reúne informações sobre instituições de educação superior, cursos, docentes e alunos. O preenchimento do censo é pré-requisito para a expedição de atos regulatórios e para a participação das instituições de educação superior em programas do Ministério da Educação, como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e as bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). A pesquisa subsidia ainda a avaliação da educação superior, sendo insumo para o cálculo do Conceito Preliminar de Curso (CPC) e do Índice Geral de Cursos (IGC), dois dos Indicadores da Qualidade da Educação Superior divulgados pelo Inep.

Veja a Portaria nº 319, de 23 de abril de 2020

Saiba mais sobre o Censo da Educação Superior