Institucional 02 de Junho de 2020

Inep discute cenário para avaliação da educação profissional e tecnológica em evento internacional

Uma série de estudos e parcerias científicas vem sendo empreendida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por meio da Diretoria de Estudos Educacionais (Dired), em torno do tema “Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica (EPT)”. O assunto foi discutido nesta terça-feira, 2 de junho, durante webnário (seminário sediado na web) da gLocal Evaluation Week 2020, uma semana mundial dedicada a promover a elaboração de políticas de desenvolvimento baseadas em evidências. Mais de 30 países de todos os continentes, com seus especialistas, participam, entre 1º e 5 de junho, de 360 eventos transmitidos virtualmente devido à pandemia da COVID-19.

O encontro, via plataforma on-line, foi uma oportunidade de compartilhar o conhecimento e as experiências analisadas pelos pesquisadores da Coordenação-Geral de Instrumentos e Medidas Educacionais (Cgime). “A EPT tem uma profunda ligação com o desenvolvimento social e econômico e a ausência de uma avaliação específica exige um enfrentamento dessa questão educacional”, afirmou o coordenador Gustavo Henrique Moraes, que conduziu a apresentação.

Durante as discussões, os pesquisadores elencaram os elementos considerados necessários para a construção de um Sistema Nacional de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica, e ressaltaram que a educação profissional tem especificidades que demandam um olhar mais contextualizado. A equipe trabalha na investigação de três eixos: conceitual (o que é a EPT e quais os limites da modalidade), pesquisa (com definição de base de dados) e as experiências consolidadas de avaliação.

A equipe, que também atua no monitoramento do Plano Nacional de Educação (PNE), anunciou a edição do livro “Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica”. A publicação é resultado da organização dos conhecimentos e experiências sobre as diversas questões que circundam a EPT e traz insumos para o debate acerca da construção do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Profissional e Tecnológica.

Ensino médio – O ensino profissional do ensino médio abriga 1,9 milhão de matrículas no país, de acordo com o Censo Escolar 2019. O gráfico abaixo aponta a movimentação ocorrida nos últimos dez anos.

Educação superior – Os cursos tecnológicos da educação superior registram um crescimento robusto na última década. As matrículas cresceram 103%, alcançando 1,09 milhão de estudantes, como aponta o Censo da Educação Superior 2018, com destaque para a modalidade a distância.

gLocal Evaluation Week 2020 – O evento é promovido pelo Centers for Learning on Evaluation and Results (CLEAR), um programa global de desenvolvimento que conta com o apoio do Grupo de Avaliação Independente do Banco Mundial. O programa reúne parceiros acadêmicos e doadores que se dedicam à coleta, à medição, à análise e ao uso de evidências robustas na política e na tomada de decisões programáticas dos países em desenvolvimento.