Enade 09 de Abril de 2020

Inep antecipa regularização de participantes do Enade 2019

Os estudantes concluintes habilitados que não cumpriram algum dos requisitos para regularização junto ao Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2019 terão sua situação regularizada neste mês de abril. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) antecipou o processo de regularização previsto para setembro, conforme consta na retificação do edital n.º 43, de 4 de junho de 2019, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 9 de abril.

A medida foi tomada em função do reconhecimento à potencial contribuição de novos profissionais formados para a estratégia brasileira de combate à emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao coronavírus (COVID-19). A antecipação da regularização ocorre no âmbito do estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo n.º 06/2020, das ações previstas na Lei 13.979/2020 e das medidas excepcionais tomadas pelo poder público das três esferas da Federação, nos termos indicados pela Nota Técnica n.º 30/2020/CGCQES/DAES.

O ato de regularização contempla 34.592 mil inscritos no exame, que, por qualquer razão, permaneceram em situação de irregularidade depois de finalizados os processos de regularização por dispensa de prova ou declaração de responsabilidade das instituições de educação superior.

Os Relatórios de Estudantes em Situação Regular junto ao Enade 2019 são utilizados pelas instituições de educação superior para subsidiar a colação de grau e a emissão de diplomas, visto que o Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação. Por isso, a participação nas provas e o preenchimento do Questionário do Estudante são imprescindíveis para a obtenção do diploma de graduação.

As áreas de conhecimento que foram avaliadas em 2019 pertencem ao Ano I do Ciclo Avaliativo do Enade: agronomia; arquitetura e urbanismo; biomedicina; educação física; enfermagem; engenharia ambiental; engenharia civil; engenharia de alimentos; engenharia de computação; engenharia de produção; engenharia de controle e automação; engenharia elétrica; engenharia florestal; engenharia mecânica; engenharia química; farmácia; fisioterapia; fonoaudiologia; medicina; medicina veterinária; nutrição; odontologia; e zootecnia. Os cursos com grau de tecnólogo foram: tecnologia em agronegócio; tecnologia em estética e cosmética; tecnologia em gestão ambiental; tecnologia em gestão hospitalar; tecnologia em radiologia; e tecnologia em segurança no trabalho.

2019 – As provas do Enade foram aplicadas em 1.217 locais de 1.063 municípios do país. O exame foi realizado por 390.365 estudantes, 89,6% do total dos inscritos na edição – 435.646 concluintes de 8.368 cursos, de 1.225 instituições de educação superior. A aplicação ocorreu em 24 de novembro de 2019.

Enade – Aplicado desde 2004, o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes é um instrumento do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação. Os concluintes das áreas avaliadas devem realizar a prova para avaliação de desempenho e responder ao Questionário do Estudante. No histórico escolar do aluno, ficará registrada a situação de regularidade junto ao Enade, requisito para colação de grau em cursos de graduação.

Veja a retificação do edital do Enade 2019

Acesse o Sistema Enade

Confira o edital do Enade 2019

Saiba mais sobre o Enade