Sinaes 18 de Outubro de 2004

Enade terá 156 mil participantes

Exame de desempenho de estudantes será aplicado no dia 7 de novembro

Número de alunos que participarão da Enade 2004
Tipo de
arquivo

(25 KB)

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2004 terá a participação de 155.654 estudantes dos cursos de graduação de 13 áreas do conhecimento. O Exame será realizado no dia 7 de novembro, em todo o País, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC).

O número de participantes selecionados por amostragem inclui ingressantes e concluintes dos respectivos cursos. Os coordenadores de cursos já receberam a lista dos estudantes que deverão obrigatoriamente fazer as provas e devem divulgá-la internamente na instituição. O Enade faz parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), que engloba, ainda, uma avaliação dos cursos e das instituições.

A área com maior número de participantes é Educação Física, com 32.682, seguida de Fisioterapia, com 23.924. A área com menor número de selecionados é Terapia Ocupacional, com 1.963. Entre as unidades da Federação, São Paulo possui a maior quantidade de estudantes que farão o Enade, com 43.857, e Roraima o menor número, com apenas 232 estudantes de quatro áreas. Veja tabela anexa.

Foram considerados como ingressantes os estudantes que concluíram, até a data inicial do período de inscrição, de 7% a 22% da carga horária do curso. Como concluintes, foram considerados os alunos que cumpriram, pelo menos, 80% da carga horária do curso e os que se formam em 2004.

As 13 áreas que terão os seus cursos avaliados são: Agronomia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e Zootecnia.

Prova – As provas do Enade serão constituídas por 10 questões de avaliação da formação geral, comum aos cursos de todas as áreas, e 30 questões específicas para cada área do conhecimento. Nas duas partes, as questões serão discursivas e de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos.

O componente geral da prova vai investigar a formação de um profissional ético, competente e comprometido com a sociedade em que vive. Serão contemplados temas como sociodiversidade, biodiversidade, globalização, cidadania e problemas contemporâneos. Serão consideradas as habilidades do estudante para analisar, sintetizar, construir hipóteses, estabelecer relações, entre outras.

O componente específico avaliará as competências, habilidades e o domínio de conhecimentos necessários para o exercício da profissão. Para cada uma das áreas avaliadas, o Inep publicou uma portaria que detalha os conteúdos que servem de base para a elaboração das provas. As portarias podem ser acessadas no endereço www.inep.gov.br.

Assessoria de Comunicação do Inep