Enade 09 de Agosto de 2018

Enade 2018 já tem mais de 11 mil cursos enquadrados

Às vésperas de encerrar o período de enquadramento dos cursos e a inscrição dos estudantes habilitados ao Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2018, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou mais de 11 mil cursos enquadrados até esta quarta-feira, 8 de agosto. A expectativa do Inep é que o enquadramento chegue a 11.500 cursos até domingo, 12 de agosto, quando termina o prazo das Instituições de Educação Superior (IES). Deste total, estima-se que 9 mil cursos terão estudantes concluintes inscritos por seus respectivos coordenadores e avaliados pelo Enade.

O enquadramento de curso é o processo pelo qual IES vincula seus cursos às respectivas áreas de avaliação do Enade, correlacionadas ao projeto pedagógico dos curso, com base nas Diretrizes de Prova publicadas no Portal do Inep. O enquadramento e a inscrição dos estudantes devem ser  feitos, respectivamente, pelos Procuradores Educacionais Institucionais e pelos Coordenadores de Cursos, no Sistema Enade. Entre 13 e 31 de agosto eles terão oportunidade de fazer retificações nos processos. Este ano, o Enade vai avaliar os estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel em 14 áreas, além de 13 áreas que conferem diploma de tecnólogo. Administração, direito e ciências contábeis têm o maior número de cursos enquadrados até o momento.

Devem ser inscritos no Enade 2018 todos os estudantes ingressantes e concluintes habilitados de cursos de bacharelado e superiores de tecnologia vinculados às áreas de avaliação previstas no Edital Inep nº 40/2018. O estudante habilitado deverá ser inscrito independentemente de haver registro de participação em edições anteriores. Os estudantes ingressantes habilitados, inscritos pelas IES, ficarão dispensados da participação no Enade e terão sua situação de regularidade atribuída pelo Inep ao final do período de inscrições. Os estudantes concluintes devem preencher o Questionário do Estudante e realizar a prova do Enade 2018, que será aplicada em 25 de novembro.

Uma novidade do Enade 2018 é que não há mais inscrição dos estudantes irregulares de anos anteriores pelo Coordenador de Curso. Estudantes irregulares perante o Enade de anos anteriores, por ausência na prova e/ou ausência de preenchimento do Questionário do Estudante (QE), terão sua situação regularizada, por ato do Inep, a ser regulamentado em normativa específica,  com início previsto em 03/09/2018. Já os estudantes irregulares perante o Enade de anos anteriores, por ausência de inscrição, em decorrência de omissão da IES, terão sua situação regularizada por declaração de responsabilidade da IES, com início previsto em 03/09/2018.

Cursos avaliados – Em 2018, o Enade vai avaliar os estudantes dos cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de: Administração, Administração Pública, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social - Jornalismo, Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, Design, Direito, Psicologia, Relações Internacionais, Secretariado Executivo, Serviço Social, Teologia e Turismo. Também serão avaliados os cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de: Tecnologia em Comércio Exterior, Tecnologia em Design de Interiores, Tecnologia em Design de Moda, Tecnologia em Design Gráfico, Tecnologia em Gastronomia, Tecnologia em Gestão Comercial, Tecnologia em Gestão da Qualidade, Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, Tecnologia em Gestão Financeira, Tecnologia em Gestão Pública, Tecnologia em Logística, Tecnologia em Marketing e Tecnologia em Processos Gerenciais.

Enade – O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é composto por dois instrumentos obrigatórios: uma prova para avaliação de desempenho dos estudantes e um Questionário do Estudante. De acordo com a legislação, devem ser inscritos no Exame os estudantes ingressantes e concluintes dos cursos de graduação avaliados na edição. No histórico escolar do estudante ficará registrada a situação de regularidade em relação ao Enade.