Educação superior 30 de Outubro de 2017

Avaliação da Educação Superior é discutida em Seminário Internacional nesta segunda e terça-feira

A Avaliação da Educação Superior é tema do Seminário Internacional promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta segunda e terça-feira, 30 e 31. Mais de 500 convidados estão reunidos no Royal Tulip Brasília Alvorada, em Brasília (DF), para fazer uma reflexão crítica sobre a Avaliação da Educação Superior em suas diferentes frentes: as avaliações in loco de Cursos de graduação e Instituições de Educação Superior (IES), o Exame Nacional de Avaliação de Desempenho de Estudantes (Enade) e os Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Toda a programação está sendo transmitida ao vivo pelo hotsite do evento. É preciso apenas fazer uma inscrição prévia.

O Seminário Internacional Avaliação da Educação Superior: características e perspectivas é um dos três seminários que serão realizados em comemoração aos 80 anos de fundação do Inep. A presença de pesquisadores e agentes da Educação Superior no debate visa apontar novas reflexões e caminhos, agregando mais valores e eficiência às atribuições do Inep e suas responsabilidades nesse segmento educacional em nosso país. O Seminário Internacional é uma realização do Inep, por meio da Diretoria de Avaliação da Educação Superior (Daes) em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

Abertura – A presidente do Inep Maria Inês Fini fez a abertura do evento ao lado da Secretária Executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro; e da Diretora de Avaliação da Educação Superior do Inep, Mariângela Abrão. Em sua fala, Maria Inês destacou o  objetivo do Seminário de promover uma reflexão dos processos de avaliação do Inep, aproveitando a experiência até aqui desenvolvida. “Com a contribuição da comunidade acadêmica, estamos em busca do aprimoramento dos procedimentos, instrumentos e parcerias”, destacou.

Mariângela Abrão, à frente da equipe que conduz a Avaliação da Educação Superior no Brasil destacou o enorme senso de responsabilidade da Daes com os convidados que compareceram para o espaço de reflexão propiciado com o Seminário. “Muitos passos já foram dados, mas estamos aqui para obter mais subsídios para nosso trabalho. E também para expressar nosso compromisso com uma agenda propositivas e sustentável de melhorias”, defendeu.

Na conferência de abertura, Maria Helena Castro fez uma trajetória histórica da educação superior brasileira, até os dias atuais. A Secretária Executiva propôs, e pediu aos especialistas e pesquisadores presentes, uma reflexão corajosa sobre os rumos da Avaliação Superior no Brasil. Na sequência, Michael James, do Boston College (EUA), fez a primeira conferência internacional do Seminário: “Contribuição dos Sistemas de Avaliação para a garantia e melhoria da Qualidade da Educação Superior”.

O primeiro dia de evento teve também a apresentação “Estrutura e procedimentos para a Avaliação Superior no Brasil: limites e novas possibilidades” e as mesas redondas “Evolução, benefícios e integração entre avaliação interna e externa” e “Participação do Inep em ações internacionais ARCU-SUL; RIACES e projetos de cooperação”.

Programação – Nesta terça-feira, 31, às 9h, será realizada mais uma conferência internacional. Thomas Weko, analista sênior na divisão de Aconselhamento e Implementação de Políticas Educativas do Diretório de Educação e Competências da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) falará sobre “Medidas de Qualidade no Ensino Superior: Qual o papel de avaliações de estudantes em países da OCDE?” Outros destaques da programação são as mesas redondas “Avaliação em larga escala na Educação Superior no Brasil: óticas contemporâneas e novos caminhos”; “O papel do Enade e dos Indicadores na Indução da Qualidade na Educação Superior”, e “Perspectivas sobre os Indicadores de Qualidade da Educação Superior Brasileira”.